"Não acrescentemos dias à nossa vida, mas vida aos nossos dias"
Sexta-feira, 6 de Outubro de 2006
"A Veia Do Poeta" - Rui Veloso

Não sou, mas admiro! E esta música é linda:

 

"Cansado do movimento
Que percorre a linha recta
Fui ficando mais atento
Ao voo da borboleta
Fui subindo em espiral
Declarando-me estafeta
Entre o corpo do real
E a veia do poeta

Mas ela não se detecta
À vista desarmada
E o sangue que lá corre
Em torrente delicada
É a lágrima perpétua
Sai da ponta da caneta
Vai ao fim da via láctea
E cai no fundo da gaveta

Ai de quem nunca guardou
Um pouco da sua alma
Numa folha secreta
Ai de quem nunca guardou
Um pouco da sua alma
No fundo duma gaveta
Ai de quem nunca injectou
Um pouco da sua mágoa
Na veia do poeta"


sinto-me:

publicado por Sr. Dr. Ricky às 21:11
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Pouco ou nada sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


alucinações recentes

Poema Da Treta

Foi Mais

Um Mais Um

De Volta O Ninho

Justificação de Faltas

Devaneios da Minha Imagin...

Confusão

Receita: "Auani"

Visão (fictício)

Velejando

alucinações antigas

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Blogs Obrigatórios
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds