"Não acrescentemos dias à nossa vida, mas vida aos nossos dias"
Sábado, 16 de Setembro de 2006
Definição de "Eu"

Pediram-me para me definir, não interessa agora porquê nem quando. O que eu respondi foi:

 

Observa e conhece o meu pai, a minha mãe, as minhas avós, o meu avô. Pára para imaginar situações e experiências que já vivi, em relativamente pouco tempo. Depois de absorveres toda essa informação, vira-te agora para quem me rodeia, para os meus mais próximos amigos, para todos os namoros que já tive, para aquelas pessoas que "conheço", sem ter falado mais do que duas vezes com elas.

Toma um pouco do teu tempo para visitares a minha casa, o meu bairro, a minha escola, a casa das minhas avós. Permanece uma semana em cada um desses locais, compreende o seu ambiente! Depois de teres recebido todos estes factores, aprende a rir-te todos os dias, o dia inteiro! Aprende a sentir o coração apertado quando vês uma criança na rua a chorar; aprende a esboçar um enorme sorriso ao veres um bebé a sorrir quando te vê, aprende a aceitar um corpo cheio de defeitos e aprende a ultrapassá-los todos com uma enorme gargalhada! Aprende a rires-te de ti mesmo...parte o côco a rir quando te vês ao espelho! Ama! Sofre calado, conservando tudo para ti, até chegares a um ponto de rutura e aí comete o erro de descarregares em quem menos merece e de quem mais gostas! Cai, mas aprende a levantar-te, sacudir a poeira e a continuar em frente de cabeça levanta, aprendendo que se calhar é melhor olhar para onde vais!

Apaixona-te pelo que fazes, e sê o mais crítico de todos quando se trata do teu próprio trabalho! Enamora-te pelo teatro e pela escrita e, principalmente, sê sonhador! Sonha o mais alto possível...alto demais até para ti próprio porque só assim irás mais longe!

 

Depois de teres feito isto tudo que te disse talvez já compreendas um terço da imensa confusão e complexidade que sou interiormente. Mas se não tiveres aprendido, simplesmente a sorrir ao ouvires uma música antiga; a sorrir ao veres o pôr-do-sol da tua janela...se não aprenderes a dar um enorme valor à tua família e aos teus amigos mais próximos... aí estarás muito longe da definição que me pediste!



publicado por Sr. Dr. Ricky às 15:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Pouco ou nada sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


alucinações recentes

Poema Da Treta

Foi Mais

Um Mais Um

De Volta O Ninho

Justificação de Faltas

Devaneios da Minha Imagin...

Confusão

Receita: "Auani"

Visão (fictício)

Velejando

alucinações antigas

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Blogs Obrigatórios
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds