"Não acrescentemos dias à nossa vida, mas vida aos nossos dias"
Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2006
Esperanças...Saudades...Lágrimas
Para sempre o pensamento em ti me trará lágrimas aos olhos, és e sempre serás a única razão para me virem lágrimas aos olhos, a única razão para chorar...Há muito que deixei de chorar, as minhas lágrimas secaram e agora guardam-se apenas em tua memória...lágrimas de culpa por momentos menos felizes, mas sobretudo de saudades, muitas saudades de tudo; da tua doce maneira de ser, das tuas inesquecíveis expressões próprias, da tua maneira tão pura de ser...
Apenas ao te relembrar, sinto-me fraco, triste...pensar que já não te tenho a meu lado, como que um suporte...melhor, um escape da realidade, uma forma de fazer escoar todas as preocupações dos meus ombros...Contigo, o meu "eu" melhor, o meu "eu" mais puro surgia e tomava conta de mim. Era influenciado por tão pura alma...
Todas as noites continuo a rezar por ti, tal como tu sempre me pedias, exactamente da maneira como me ensinaste.
Tento sempre fazer aquilo que sempre me disseste para fazer, ser sempre bom para todos.
Fazes-me tanta falta...
O pensamento de que tu estás num sítio melhor é a minha única salvação nos momentos de tristeza e saudade...Espero que estejas mesmo num sítio melhor, e que esse sítio seja ainda melhor do que tu acreditavas que ele fosse.

Espero que estejas orgulhosa de mim...espero nunca te desiludir...espero um dia te reencontrar para voltármos a fazer rissóis, nós os dois...


publicado por Sr. Dr. Ricky às 20:51
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 21:34
E agora lembrei-me...alguem que recordo muitas vezes mas que nem sempre assumo!
Um beijo de agradecimento, não ha porque negarmos a falta que alguem nos faz!alexiaa
(http://www.alexiaa.blogs.sapo.pt)
(mailto:salexia@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 14:47
Que texto tao bonito meu amor =)
De certeza que a tua avo se orgulha da pessoa fantastica, pura , linda que és !
Estas palavras foram lidas, e ouvidas por ela tenho a certeza basta acreditares que ela esta sempre a teu lado =)
Beijinho
*adoro-t mt*Andreia
</a>
(mailto:andreiafssilva@gmail.com)


De Anónimo a 16 de Fevereiro de 2006 às 19:58
Que texto tão bonito e sentido. Fizeste-me chorar.
Também tenho muitas saudades da tua Avó. É muito bom que a relembres, através das tuas palavras e lembranças, farás com que ela continue a viver no coração de todos nós.
Um grande beijinho querido sobrinho.Tia verdadeira
</a>
(mailto:soniaq@netcabo.pt)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 21:46
Hmm... sempre foi a tua avó que tos ensinou a fazer :) Tal como ensinou a fazer rissóis, acredito que te tenha ajudado e ensinado a fazer muitas coisas. Muito provavelmente a tua maneira de ser teve também um pouco de influência dela... Custou-te escrever este texto, tal como custou perdê-la... Acho que tenho segurança suficiente para poder afirmar que sei o que é perder família, pois já só me resta uma avó, a do lado paterno. Verdade é que, por muito que nos custe e que não queiramos, as pessoas partem... Porquê nas melhores alturas, ou porquê as pessoas que mais amamos? Só Deus sabe, e é a Sua vontade. Deus a tenha, e que o encontro entre ambos, espiritualmente, se mantenha intacto até ao encontro definitivo :)Tiago
(http://luminescente.blogspot.com)
(mailto:jamesp_m@hotmail.com)


Comentar post