"Não acrescentemos dias à nossa vida, mas vida aos nossos dias"
Sábado, 14 de Janeiro de 2006
Ultimamente, Contento-me...
Ultimamente, contento-me com um olhar teu, um olhar hipnotizante mesmo nos meus olhos. Esses teus olhos côr-de-amêndoa fazem as minhas delicias, e contento-me se eles virarem a sua atenção para os meus, nem que seja apenas por minutos.
Ultimamente, contento-me com um sorriso teu. Adoro quando os teus lábios formam-se em arco para cima, isso é sinal que estás feliz, e isso faz com que eu possa descansar melhor.
Ultimamente, contento-me com um "Olá" teu. Um breve exemplo da tua bela voz é um tratamento para os meus ouvidos. A tua voz melodiosa penetra nos meus tímpanos de forma muito suave, tal e qual como uma brisa de verão quando nos passa pelo rosto.
Ultimamente, um suspiro teu põe-me ao rubro. O pensamento que esse suspiro possa ser destinado a mim faz com que eu pule de felicidade, faz com que todo o meu corpo fique em júbilo!


publicado por Sr. Dr. Ricky às 14:22
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 16 de Janeiro de 2006 às 19:43
E quem sabe se essa pessoa olhou para ti tb de forma tao intensa?
nunca se sabe ;)
o misterio lol =p
*Andreia
</a>
(mailto:andreiafssilva@gmail.com)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2006 às 15:00
O Amor... Quem o inventou? Será que veio da Grécia, o país da Matemática?! Se veio, p'ra quê equacioná-lo de uma forma tão complicada?! Ultrapassa o 3º grau de equações, certamente. Mas enfim, às vezes a solução para um problema matemático deste calibre é a resposta!

Poderá ser um comentário confuso, mas enfim... É mais uma visão que surgiu de repente, sobre como vejo as coisas.Tiago
(http://luminescente.blogspot.com)
(mailto:jamesp_m@hotmail.com)


Comentar post